Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2017

Quixeramobim partiu na frente e Proclamou a República

Imagem
120 Anos Da Proclamação Da República
Amanhã, 15 de novembro de 2009, todos nós brasileiros celebraremos, com muito orgulho, os 120 anos da proclamação da República.
Naquele final de 1889, no Rio de Janeiro, então capital do Império, na Praça da Aclamação, hoje Praça da República, um grupo de militares do Exército brasileiro, liderados pelo Marechal Manoel Deodoro da Fonseca, sem usar de nenhuma violência, deu um golpe de Estado e depôs o Imperador D. Pedro II. Neste mesmo dia, foi instituída a República e constituído um "Governo Provisório", do qual fizeram parte os alagoanos: Marechal Manoel Deodoro da Fonseca, como presidente; Floriano Vieira Peixoto, como vice-presidente; e, como ministros, os cariocas: Benjamin Constant Botelho de Magalhães, Quintino Antônio Ferreira de Sousa Bocaiúva, o Almirante Armando José Eduardo Wandenkolk, o baiano, Ruy Barbosa de Oliveira, o paulista Manuel Ferraz de Campos Sales, o capixaba Aristides da Silveira Lobo e o gaúcho Demétrio Nunes Ribe…

Uma leitura sobre o I Encontro de Jovens Escritores do Alto Sertão Sergipano e das academias literárias como mediadoras da cultura

Imagem
I Encontro de Jovens Escritores do Alto Sertão Sergipano - A voz e a vez do Jovem criando sentidos para o sertão.

06 de maio de 2017, Nossa Senhora da Glória/SE.


Foi uma imensa honra participar deste grandioso evento, abordando temáticas como: “A Prática da leitura e o fortalecimento da produção escrita”, tão bem explanada pela admirável Cristina Ramalho. A seguir, contemplamos a revelação de tantos talentos na exposição dos jovens escritores, na maturidade dos “sagazes pupilos do mestre Carlos Alexandre”, que nas suas vozes mostraram-se como veteranos da literatura! E aqui venho externar minha gratidão em atuar como mediadora da mesa de palestras que trazia a temática: “A academia literária como mediadora da cultura”, tendo como expositores os renomados confrades e escritores: Jorge Henrique Vieira Santos, Lucas Lamonier Silva Santos e o “disseminador de academias literárias”, Domingos Pascoal de Melo. 
Nesse contexto, podemos perceber uma “tríade” como fator de impulsão das academia…

II Encontro Sertanejo de Escritores e Leitores

Imagem
No último dia 13, aconteceu o II Encontro Sertanejo de Escritores e Leitores em São Miguel do Aleixo. O evento contou com a participação de expressivo número de leitores, escritores e curiosos, todos sedentos de aprender sobre vários temas.
Durante o dia, tivemos diversas palestras e informações que contribuíram para o enriquecimento cultural dos que nos prestigiaram com suas presenças. No período matinal, contamos com as brilhantes exposições dos professores Paulo Monteiro (Pimpão) e Júlio Alves, que vieram de Salvador. Os dois mestres nos brindaram com seus vastos conhecimentos sobre “Literatura”, deixando a plateia boquiaberta ante a extensão e profundidade dos ensinamentos ministrados. 
Ato contínuo, tivemos a comunicação da Educadora Cris Souza acerca dos desafios de manter uma biblioteca comunitária e a paixão que a mesma nutre para manter esse meio de acesso a muitos. Domingos Pascoal abordou a temática de um de seus livros: “A mudança começa em você ”. 
A programação da tarde…

Impressões do I Encontro de Jovens Escritores do Alto Sertão Sergipano

Imagem
Por Antônio Saracura
Em princípio eu não iria, precisava adiantar o acabamento de meu livro “Os Curadores de Cobra”, que penso em publicar ainda este ano, e o tempo voa. Mas Carlos Alexandre (um dos líderes invejáveis da Academia Gloriense) ligou-me e pediu 30 exemplares de “Meninos que não queriam ser Padres”. Meu livro será leitura obrigatória em uma turma durante o ano todo. Sairão composições, poemas, filmes, vídeos, debates... Muito bom para o autor que valoriza leitores de agora e do futuro.
E ainda havia o fato do evento ser em Glória, perto de Itabaiana, e na academia Gloriense, que dá gosto ver de perto o trabalho que ela vem fazendo pela literatura sergipana. Não só Carlos Alexandre, mas Jorge Henrique, Lucas Lamonier e outros. De outras vezes, retornei gratificado.
Consegui chegar às dez horas e ainda peguei um restinho (estava nos debates) da palestra de Cristina Belinski (A prática da leitura e o fortalecimento da escrita), professora da UFS, núcleo de Itabaiana, que achou c…

Uma campanha que se chama Raimundo Melo

Imagem
Atravessando a faixa de pedestre, Raymundo Melo morreu atropelado por uma moto. Cidadão exemplar, servidor público, aos 86 anos desfrutando da aposentadoria, enquanto ajudava às vocações sacerdotais da Igreja Católica e escrevia memórias de tempos vividos, clarificando a História.
A Loja Maçônica Cotinguiba projeta uma ação pela cidade para dar segurança aos pedestres, conferindo importância aos espaços a eles reservados. A campanha receberá o nome de Raymundo Melo. Houve a concordância dos integrantes da Loja Simbólica. O venerável Ibrahim Salim vai buscar o apoio de toda a comunidade maçônica e da sociedade. A campanha será coordenada pelo adepto constante das boas causas, o escritor Domingos Pascoal.
Luiz Eduardo Costa é jornalista, escritor e membro da Academia Sergipana de Letras. Atualmente escreve uma coluna no Jornal do Dia aos domingos.
Fonte:  Jornal do Dia Portal Infonet



I Encontro de Jovens Escritores do Alto Sertão Sergipano

Imagem
No último sábado, 06 de maio de 2017, o município de Nossa Senhora da Glória-SE foi palco de um memorável momento que entrará para os anais da cultura do povo sertanejo. Realizou-se o I Encontro de Jovens Escritores do Alto Sertão Sergipano (EJEASS) no Colégio Estadual Cícero Bezerra, com o tema: “A voz e a vez do jovem criando novos sentidos para o sertão”. Este evento foi idealizado pelo Professor e Membro Efetivo da Academia Gloriense de Letras (AGL), Carlos Alexandre Nascimento Aragão, com o apoio financeiro da FAPITEC (Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe), através do Edital FAPITEC/SE/FUNTEC/SEGRASE Nº 03/2016, e do apoio cultural da AGL. Graças a estas duas instituições, o EJEASS tornou-se real e significativo a todos os participantes.
O encontro iniciou com a palestra da professora Drª Christina Bielinski Ramalho, da Universidade Federal de Sergipe – campus Itabaiana, sobre o universo da Literatura Infanto-juvenil. Seguindo a programação, o…

35ª FESPOFLE premia poesias com Troféu “25 ANOS DO CLUBE DOS POETAS”

Imagem
Ocorreu, no último dia 4 de maio, no auditório Ministro Heytor de Souza, o XXXV Festival de Poesia Falada de Estância – FESPOFLE –, promovido pelo Clube dos Poetas Estancianos (CPE). 
De 13 de março a 14 de abril (2017), foram inscritos 110 poemas de 48 autores das cidades de Nossa Senhora do Socorro, Japaratuba, Aracaju, Lagarto, Umbaúba, Monte Alegre, Nossa Senhora da Glória e Estância. De acordo com a presidente, Maria Guadalupe Batista, este ano as obras selecionadas foram em maior volume de Estância, diferente dos anos anteriores . "Isso revela que a poesia estanciana está muito boa, de bom nível, madura", considerou. Doze obras foram classificadas:
01 - A Escuridão do Suicídio e a Luz da Poesia/Cláudio Valério dos Santos/Estância/290. 02 - Meu Eu Anônimo/José Edson Souza Carvalho/Estância/270. 03 - Hino Racial/Micael da Conceição Martins/Estância/270. 04 - O Querer/Antônia Karla da Silva Cruz/Estância/260. 05 - Minha Cartase de Você/Francisco Souza da Costa/Estância/2…