Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2017

III Encontro de Escritores Canindeenses & Convidados

Imagem
18/07/2016
Tinho Santana
Membro fundador da ALAS – Academia Literária do Amplo Sertão Sergipano e da ACLAS – Academia Canindeense de Letras e Artes. ​ Como habitualmente, foi agendado o mês de julho para a realização do Encontro de Escritores Canindeenses e Convidados.  Esse evento surgiu como forma de incentivo à escrita, à leitura e ao desenvolvimento de várias literacias. O Sertão é o rio das letras, a cada dia, estão sendo descobertos novos aspirantes à escrita que veem nesse encontro a oportunidade de aprender com os escritores já experientes e imortalizar seus escritos através do livro por eles desenvolvidos.
Essa é a “Cidade das Letras”, onde são encontrados escritores com vários estilos literários. Isso nos mostra que neste pequeno solo sertanejo desabrocham grandes poetas, cronistas e mentores de histórias fantásticas.
No próximo dia 23 de julho, Canindé de São Francisco se tornará a cidade da literatura, pois irá acontecer o III Encontro de Escritores Canindeenses e Convidados, um…

Escritor Antônio Saracura comenta “A MUDANÇA COMEÇA EM VOCÊ”, de Domingos Pascoal de Melo

Imagem
De uma hora para outra, bastou que eu publicasse o meu primeiro livro “Os Tabaréus do Sítio Saracura”, para começar a conhecer muita gente ilustre na cidade, a exemplo de Domingos Pascoal, o que me deu uma imensa satisfação.  Ele vive a literatura. Está em todos os cantos que laboram letras, debatendo ideias com dedicação integral, solícito, cordial, amigo.  Como se fosse o grande e bom gerente da jovem literatura sergipana que, ousada, tenta mais uma vez, colocar a cabeça de fora, querendo ser reconhecida. Comparece aos lançamentos, até em remotos burgos, prestigiando, indistintamente, todos os tecedores de palavras, que também o é. Conheci-o pessoalmente agora, mas já o sabia imortal da Academia Sergipana de Letras e autor de artigos que me lembravam os mestres Marins, Lair, Içam e Shinyashiki.  A revista Perfil publicava suas crônicas e, por isso, eu achava até que ele fosse itabaianense, já que a revista, pelo seu intestino, parecia-me ser. Sabia também que era autor de um livro …

Execução de Pe. Mororó ocorreu há 183 anos

Imagem
Filho ilustre do município de Groaíras, Padre Mororó foi um dos mártires da Confederação do Equador
Fortaleza. Há 183 anos morria Gonçalo Inácio de Loiola Albuquerque Melo, que consagrou-se na história do Brasil como Padre Mororó, um dos expoentes do movimento político que ficou conhecido como a Confederação do Equador. Padre Mororó foi morto a tiros de arcabuz no dia 30 de abril de 1825, numa execução ocorrida no Passeio Público, em Fortaleza, após ter sido preso e acusado de praticar três crimes: proclamação da República de Quixeramobim; secretariado o governo revolucionário de Tristão Gonçalves e redigido o “Diário do Governo”, o primeiro jornal do Estado do Ceará.
A condenação determinava o seu enforcamento porém, por não haver quem quisesse servir de algoz, a pena comutada para fuzilamento, ou melhor, tiros de arcabuz, uma antiga arma de fogo portátil, espécie de bacamarte. A crônica de Viriato Correia descreve com perfeição os últimos minutos de Padre Mororó: “Naquele dia 30 de …

Academia Literária em Ação. A vez da Academia Dorense de Letras

Imagem
No dia 17 de junho de 2017, a Academia Dorense de Letras – ADL – se superou e fez uma festa literária para ficar na história. Comemorou seus três anos de vida com quê? Com o lançamento de livro, é claro! Foi outorgado aos dorenses e demais escritores e leitores presentes no Colégio Estadual Fernando Azevedo a 1ª Antologia da Academia Dorense de Letras.

Parabéns! De fato foi uma grande festa literária com a presença de quase todos os acadêmicos dorenses e representantes das demais Academias de Sergipe. Estavam lá: da Academia Canindeense de Letras, Acadêmica Egiciane Lisboa; da Academia Gloriense de Letras, o presidente, Acadêmico Lucas Lamonier e o Acadêmico Carlos Alexandre; da Academia Cristinapolitana de Letras e Humanidades, a presidente Acadêmica Solange da Gama Pinheiro e Acadêmica Marisa Medreiros; da Academia Itabaianense de Letras o Vice-presidente, Acadêmico Antonio Saracura; da Academia Sergipana de Letras, Acadêmico Domingos Pascoal.

Estavam também os representantes dos J…

Lançamento da Revista Impactos

Imagem
Saracura, Dr. Almir Santana, professora Cristina Ramalho, Dr. Italo de Melo e eu estivemos na progressista cidade de Itabaiana em mais um grande evento, o lançamento da REVISTA IMPACTOS, que em seu primeiro número homenageou o Dr. Almir Santana. A nossa referência maior quando o assunto é servir. São 30 anos dedicados exclusivamente em fazer o bem. Parabéns a INEZINHA E EDSON pela revista. Ficou linda e com conteúdo muito bom. Parabéns também pela escolha da personagem para a capa, não podiam ter escolhido melhor. Dr. Almir Santana dispensa qualquer comentário. E parabéns ao Dr. Almir por estes 30 anos de dedicação exclusiva em fazer o bem sem perguntar a quem.







Discurso de Posse Domingos Pascoal de Melo na cadeira 17 da Academia Sergipana de Letras

Imagem
20 de outubro de 2009, Aracaju/Sergipe
Historicamente, a primeira academia de que se tem notícia é a que foi fundada na Grécia antiga. O herói grego Academus fez construir um ginásio em certo bosque situado nos arredores de Atenas. Nesse Ginásio, tempos depois, Platão fundou uma escola de ensino filosófico. Ali, sob a orientação daquele mestre, muitos alunos, entre eles o grande Aristóteles, praticaram a arte do diálogo, da discussão, da lógica e da dialética como formas de desenvolver o conhecimento de diversos campos do saber como a filosofia, a matemática, a música, a astronomia e a legislação.
Por ser o lugar conhecido como Jardim Academus, a escola de Platão ficou sendo chamada de Academia Platônica. Desde então, os elementos de um grupo que se reúnem para estudos de temas literários, filosóficos e semelhantes, ficaram conhecidos como integrantes de uma academia, ou simplesmente acadêmicos. O modelo acadêmico brasileiro segue o padrão francês. A Académie Française foi fundada pel…

Barra dos Coqueiros terá uma Academia de Letras e Artes

Imagem
Numa animada reunião, realizada no último dia 30 de maio, na Academia Sergipana de Letras, foi apresentada ao presidente da Comissão Especial para Registro das Academias, o imortal Domingos Pascoal de Melo, os membros da comissão pró-fundação da Academia de Letras e Artes da cidade de Barra dos Coqueiros.
Durante a reunião foi discutida, dentre outros pontos, a importância da entidade para a cidade de Barra dos Coqueiros e para a Grande Aracaju. Vislumbrou-se a possibilidade de parcerias em projetos de incentivo à leitura e em outros eventos artísticos e literários na cidade. Foi também definido um calendário de implantação da Academia e Domingos Pascoal se comprometeu a dar todo o apoio necessário à comissão para a fundação da entidade o mais breve possível.
A comissão é formada por Reri Barreto, geógrafo e escritor; Miraci Correia, assistente social e professora universitária especialista em Políticas Públicas e Mestre em Sociologia; Jane Velma, bióloga e mestre em Agroecossistemas…

Alunos-escritores do Ceará recebem premiação da III Antologia da LMC

Imagem
O Concurso Literário da Loja Maçônica Cotinguiba, já na sua quarta edição, só tem crescido em quantidade, qualidade e também em abrangência. Na 3ª Edição, 2016, tivemos a participação de alunos de sete estados da Federação. No dia 22 de maio, a Loja Maçônica Cotinguiba se fez presente, através de Domingos Pascoal, na cidade de Groaíras, no norte do Ceará, onde houve uma solenidade, preparada pelo prefeito Municipal, Ueliton Vasconcelos, vereadores, Secretarias de Educação e Cultura e as professoras e professores do município, para a outorga de diplomas, medalhas e livros a seis alunos.